quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Compra de risco

Importar direto pela internet é uma compra de risco.
Algo como aplicar na bolsa de valores, se der certo você sai no lucro, se não der... lascou-se. A diferença é que na maioria das vezes dá errado.

Vamos aos fatos:

A - pêlos, penas e peles, enfim qualquer material de origem animal ou vegetal in natura é proibido de ser importado. O motivo é simples, impedir a possível entrada de espécies exóticas e principalmente de pragas que podem vir junto com esses materiais.
Se na alfândega abrirem o seu pacote e encontrarem qualquer material destas categorias FICA TUDO. Não importa se são 5.000 anzóis, 3 morsas, 20 carretilhas, 8 varas, 16 rolos de fio de atado e apenas um punhado de penas. FICA TUDO.


B - o frete encarece muito e pode demorar bastante pra receber o seu pacote. Geralmente temos duas opções: 20% do valor da compra, que pode demorar de 1 a 4 meses pra entregarem, mas com o valor mínimo de 15 dólares, não interessa se a compra foi só de 10 doletas. Ou absurdos 40% do valor da compra, que é bem mais rápido, no máximo um mês, em geral 2 semanas, mas com o valor mínimo de 35 doletas.


C
- sobre o valor da mercadoria + o valor do frete incide 60% de imposto de importação. INDEPENDENTE DO VALOR DA COMPRA. Aquela história de isenção para até 50 dólares é lenda. Só funciona em caso de viagem, pois é considerado compra de turista, compra que lhe entreguem pelo correio só existe isenção para livros e (alguns tipos) de cd's e dvd's (e se estiver junto com outra mercadoria também vai ser taxado junto).

D - eventualmente (não pesquisei direito pra ver como funciona) ainda pode ser cobrado a taxa de desembaraço aduaneiro, que varia conforme o valor da mercadoria, geralmente, para compras pequenas, fica na casa dos 70 e poucos reais.

E - não, ainda não acabou. Sobre o valor da compra + o valor da nota + 60% de imposto de importação, pode ser cobrado o ICMS que é um imposto estadual, assim cada estado tem seu valor. É algo em torno dos 20%.

Então, antes de sentar na frente do computador com o cartão de crédito... AH! Lembrei de mais duas coisas:

F - a administradora do cartão não cobra aquele dolarzinho mixuruca que você vê a cotação na tv. É a cotação do dólar parelelo comercial.

G - E pra finalizar ainda vai ser cobrado o IOF por causa da movimentação de valores internacionais.

Bom agora acho que está tudo aí.

Então antes de fazer a compra veja se o produto não se enquadra no ítem A, se ok, faça o cálculo:

[((valor do produto + 20% de frete) + 60% imposto) + ICMS] x dólar paralelo + desembaraço + IOF

Se ainda assim for mais barato do que comprar por aqui, manda bala.

Às vezes pode dar sorte e passar pela alfândega sem abrirem o seu pacote, daí você não paga os impostos (só o IOF) e nem o desembaraço. Mas isso está ficando cada vez mais raro.

Por isso eu prefiro comprar aqui. O tempo de espera é menor, se o material não for exatamente o que queria posso tentar negociar um desconto na próxima compra (tenta fazer isso na Cabelas) e além do mais estamos estimulando que as lojas daqui tenham cada vez mais e melhores materiais.

No próximo post vou colocar uns exemplos reais.

2 comentários:

Antonio Marcos disse...

hummm, não sei ao certo de onde vc tirou esses valores, mas baseado numa ultima compra que eu fiz (basspro)as taxas são um pouco diferentes...
Tive o azar da entrega ser via FEDEX, quando soube já tinha certeza que teria a taxa de importação (60%), além disso, paguei ICMS (18%) e também o desemparaço aduaneiro (que ficou em algo perto de 15%).
Outra coisa, se a sua operadora de cartão de crédito está cobrando o preço do dólar paralelo, ou mesmo do dólar turismo, você pode solicitar uma revisão (não sei se adianta,mas é seu direito) pois a operadora tem que cobrar o valor oficial aplicado no mercado financeiro (veja bem, estou falando do mercado formal, isso exclui o muambeiro ed confiança e aquela casa de cambio suspeita). E para finalizar, vc deve ficar atento, pois a taxa do dólar que sua operadora cobra, é a do dia em que foi efetuado o pagamento da sua fatura, e não do dia da compra..., ou seja, eu faço uma compra no começo do período do cartão a uma cotação de dólar de R$1,73, mas no dia em que paguei a fatura a cotação era de R$2,20, você vai pagar o valor referente a está ultima...

Eloy Labatut disse...

Cabelas Shiping Info
http://www.cabelas.com/cabelas/en/templates/community/customerservice/shipping-info.jsp?csPage=shipinfo&cm_re=store*leftnav*sizechart#inter

Bass Pro Shops Delivery info
http://www.basspro.com/webapp/wcs/stores/servlet/CFPage?storeId=10151&catalogId=10001&langId=-1&appID=93§ionOwner=otherCountries&internationalPageID=31

Receita Federal, informações de impostos e taxas de importação
http://www.receita.fazenda.gov.br/Grupo1/Aduana.asp