sábado, 17 de novembro de 2007

Antes de começar...

Continuando uma postagem anterior

Então você vai começar a pescar. Ok, mas como começar?

A melhor opção é procurar um curso de arremesso.
Eu sei, falo o tempo todo de independência, criatividade, etc. mas não devemos confundir com teimosia e burrice. Te ensinam a andar, mas você escolhe por onde ir.

Eu relutei muito antes de fazer um curso, mas relembrando quanto tempo eu perdi e quanto dinheiro joguei fora em pescarias mal sucedidas e em equipamento (principalmente linhas e iscas) ao começar na pesca com iscas artificiais...

Não queria que o mesmo acontecesse com o fly.

Mesmo pegando umas boas dicas com um amigo, que viria a se tornar meu mestre e tutor no fly, vi que aquilo não seria suficiente. Dava pra lançar uma isca na água, mas não conseguiria apresentá-la sem fazer que todos os peixes num raio de 100 metros fugissem assustados e ainda corria o risco de desenvolver uma tendinite (é muito mais comum do que se imagina).

Li vários artigos e livros sobre arremesso, não resolveu. Vi alguns dvds e vídeos na internet, também não adiantou.

Então vi que um curso, no fim das contas, sairia bem mais barato do que perder tempo e dinheiro em pescarias falhadas, estragando material de pesca, comprando equipamentos que não prestam (lembre: pra saber o que é bom, primeiro você tem que saber usar) e principalmente lendo receitas mágicas que enganam bem, mas no fundo não funcionam.

A diferença básica de fazer um curso prático e ler um livro ou ver um vídeo não é o que você vê, mas O QUE O INSTRUTOR VÊ.

Podemos ver a coisa certa 1.000.000 de vezes e ainda assim, por vício ou erro de postura, continuar fazendo errado. O bom instrutor vê você arremessar e corrige os seus erros.

Às vezes no meio de uma pescaria escuto na minha cabeça as vozes do meu instrutor falando: "abaixe esse braço! Menos força, fly não é força! P-i-c-k--u-p: levante a linha! Ponta da vara pra baixo!"

Como de praxe, vou deixá-los pensando o assunto e (espero que) com um gostinho de "quero mais". Amanhã vou escrever rapidamente sobre os cursos que existem no Brasil e como escolher qual fazer.

2 comentários:

Cido disse...

costumo escutar as mesmas palavras heheh ...


abraço!

Anônimo disse...

A verdade foi dita ! Porém, nesse Brasilzão quantas cidades dispõem de isntrutores de FLY? Em meu Estado (ES) não conheço nenhum, alías só conheço um praticante!